Seções
Você está aqui: Página Inicial Notícias PPG-CEM/UFSCar atinge a milésima defesa e mantém o grau de excelência padrão internacional na última avaliação trienal da CAPES

PPG-CEM/UFSCar atinge a milésima defesa e mantém o grau de excelência padrão internacional na última avaliação trienal da CAPES

O Programa de Pós Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (PPG-CEM/UFSCar), com o curso de Mestrado iniciado em 1978 e o de doutorado em 1986, completou em 18/12/2013 a formação do 1000° (milésimo) pós graduado. Esta importante marca está acontecendo justamente num momento importante do Programa que foi a divulgação da avaliação trienal 2010-2012 da CAPES na qual o PPG CEM recebeu pela quinta vez consecutiva a nota máxima 7 garantindo o grau de excelência padrão internacional. Importante destacar que dos 3.337 Programas avaliados pela CAPES apenas 140 (4,2%) atingiram a nota máxima nesta última avaliação. A manutenção do grau de excelência padrão internacional nas várias avaliações trienais é consequência natural do elevado nível das pesquisas desenvolvidas das quais participam, além dos pesquisadores do Programa, pesquisadores estrangeiros através de intercâmbios formais e informais com os melhores centros do exterior nas várias áreas de competência em materiais. Além da cooperação internacional, o estreito contato com as indústrias da área de materiais é um outro diferencial do PPG-CEM que colabora fortemente para o sucesso do Programa. Para atingir o nível que o Programa ocupa hoje o seu gerenciamento, executado pelas sucessivas equipes de Coordenação, é pautado pelo seguinte princípio: Formar excelentes pesquisadores - através de aulas, dissertações e teses originais e de alto nível em Materiais - e assim contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico da área, tornando-se um centro internacional de ensino, pesquisa e extensão que seja referência de qualidade.

 

O PPG-CEM/UFSCar possui 34 professores credenciados, lotados majoritariamente no Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar, e também professores do Departamento de Química da UFSCar, do Instituto de Química da UNESP/ Araraquara e da Embrapa/São Carlos. A política do Programa é manter um corpo docente formado por professores e pesquisadores de alta qualificação e desempenho, de modo que, credenciamento e descredenciamento de docentes no programa sejam avaliados de maneira criteriosa e justa. Para isso, é levado em consideração todas as atividades desenvolvidas pelos docentes à luz dos critérios de avaliação da CAPES e das características particulares do mesmo. Esta avaliação é feita por uma Comissão Especial de Credenciamento,  designada pela Comissão de Pós-Graduação, CPG-CEM/UFSCar, composta por docentes do PPG-CEM de alta produtividade (pesquisadores 1A e 1B do CNPq) que tenham participado ativamente das atividades do Programa.

 

No triênio 2010-2012 os docentes do PPG-CEM/UFSCar conquistaram um total de 42 prêmios sendo 28 nacionais e 14 internacionais em várias categorias entre eles a mais importante honraria em ciência e tecnologia do País, o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para a Ciência e Tecnologia, edição 2012 na Grande Área do Conhecimento de Ciências Exatas, da Terra e Engenharias, que foi auferido ao Prof. Edgar Dutra Zanotto. A inserção internacional é também um diferencial do corpo docente do PPG-CEM/UFSCar a qual ocorre através das seguintes atividades: i) participação como membros do comitê organizador e / ou Chairmen de eventos no Brasil e no exterior; ii) palestrantes convidados (invited talks, opening talks, plenary talks, lectures); iii) coordenadores de convênios de cooperação internacional; iv) editor-in-chief de revista científica; v) membros de diretorias de sociedades técnicas e científicas nacionais e internacionais. Deve ser destacado também a grande mobilidade internacional dos docentes e seus orientados e o recebimento de alunos e pesquisadores visitantes de várias instituições internacionais. A qualidade da inserção internacional pode ser exemplificada pela participação do Prof. Dr. Victor Carlos Pandolfelli e o Prof. Dr. Edgar Dutra Zanotto como membros da World Academy of Ceramics sendo que o Prof. Zanotto também é membro da The Sciences Academy of the Developing World (TWAS) e Editor-in-Chief do periódico Journal of Non-Cristalline Solids da Elsevier, principal periódico internacional sobre materiais vítreos. Destaque também para o Prof. Dr. Walter J. Botta Filho que é Editor-in-Chief da Revista Materials Research, o principal periódico interdisciplinar da área de Ciência e Engenharia de Materiais editado no Brasil.

 

Docentes do PPG-CEM/UFSCar também estão presentes em importantes posições do cenário nacional. O Prof. Zanotto membro do Conselho Diretor da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP); o Prof. Dr. Luiz Antonio Pessan é assessor do CA / CAPES Engenharias II e também coordena a área Engenharias da FAPESP, a Rede de Centros de Inovação em Plásticos e Borrachas pelo MCTI/SIBRATEC e é membro do Comitê de Assessoramento de Engenharia de Minas e de Metalúrgica e Materiais – CA-MM / CNPq; o Prof. Dr. Elias Hage Jr é Revisor de Projetos de Fomento na FAPESP; o Dr. Luiz Henrique Capparelli Mattoso participa do Comitê Interministerial de Nanotecnologia; o Prof. Dr. Claudio Shyinti Kiminami atuou como Pró-Reitor de Pesquisa da UFSCar no período 2008-2012.

 

Atualmente o PPG-CEM/UFSCar possui 142 alunos regulares (68 mestrandos e 73 doutorandos) dos quais 67% são bolsistas das agências de fomento (CAPES, CNPq e FAPESP) e 33% são vinculados à indústria tais como Alcoa Alumínio S.A., Braskem, Cromex, Dedini, DOW Brasil, Eletrolux, Embraer, Estiva Refratários Especiais Ltda, Faber-Castell S.A., GE, Hyodro Inepar do Brasil S.A., M&G, Magnesita S.A., MAHLE, Nadir Figueiredo, Petrobrás, Rhodia Brasil Ltda, Saint Gobain Cerâmicas, TAM, Tecumseh, TRW, Usiminas, Villares Metals, Voith Papel e Celulose, Volkswagen, Whirlpool, dentre outras.

 

A primeira defesa de dissertação de mestrado do PPG-CEM/UFSCar ocorreu em 1981, pela aluna Maria do Carmo de Andrade Nono sob a orientação do Prof. Dr. José Roberto Casarini com o trabalho “Redução Carbotérmica de Óxidos de Sódio em Aluminas Nacionais”, e a primeira defesa de tese de doutorado, em 1992, pelo aluno Ângelo Rubens Migliore Júnior sob a orientação do Prof. Dr. Edgar Dutra Zanotto com o trabalho “Modelos Matemáticos para Avalição do Comportamento Termo-Mecânico de Materiais”. A milésima defesa ocorreu em 18/12/2013 pelo aluno Gabriel Abreu Uehara, com o trabalho “Reaproveitamento de aparas de filmes multicamadas de polietileno/pet na produção de blendas compatibilizadas” sob a orientação do Prof. Dr. Sebastião Vicente Canevarolo Junior.

 

Os egressos do PPG-CEM/UFSCar têm assumido papel importante em diversas universidades, centros de pesquisa e indústrias no Brasil e exterior. Desde sua criação até 18/12/2013, o PPG-CEM diplomou 695 mestres e 305 doutores perfazendo 1000 egressos.  Em atualização recente foi possível obter informações a respeito de 784 egressos, dos quais  337 são professores/pesquisadores em Instituição de Ensino Superior, 30 são pesquisadores em Centros/Institutos de Pesquisa, 256 trabalham em indústrias e empresas e 25 são empresários. Com relação às suas posições, quatro são Diretores-Presidentes, 1 Vice-presidente, 14 diretores, 48 gerentes, 286 professores, 107 pesquisadores e 40 pós-docs. Temos conhecimento que 745 trabalham no Brasil e 39 no exterior.

Finalizando, merecem destaque os completos laboratórios para processamento e caracterização de materiais metálicos, cerâmicos, poliméricos e compósitos, com os mais modernos equipamentos do mercado, comparáveis aos melhores centros de pesquisa em materiais do mundo estão disponíveis para o desenvolvimento dos trabalhos de dissertações de mestrado e de teses de doutorado dos alunos do PPG-CEM. Os laboratórios utilizados são principalmente os do Departamento de Engenharia de Materiais, DEMa/UFSCar, incluindo o Laboratório de Caracterização Estrutural – LCE/UFSCar, o Centro de Caracterização e Desenvolvimento de Materiais – CCDM/UFSCar/UNESP e o Núcleo de Informação Tecnológica – NIT/Materiais, como também os laboratórios específicos coordenados pelos docentes credenciados no PPG-CEM/UFSCar e lotados em outros departamentos da UFSCar e em outras instituições.
Ações do documento