Seções
Você está aqui: Página Inicial História

História

 

 A história e sucesso do PPGCEM/UFSCar se confundem com a do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) a qual se iniciou efetivamente em 1970, quando a UFSCar criou o curso de graduação em Engenharia de Materiais, pioneiro na América Latina. A inexistência no país de especialistas nessa nova área levou a UFSCar a investir num arrojado programa de formação de recursos humanos no nível de doutorado. 
 Atualmente o DEMa conta com 47 doutores formados nas melhores instituições do país e principalmente do exterior que desenvolvem em tempo integral e dedicação exclusiva atividades de ensino, pesquisa e extensão. Os docentes estão lotados principalmente no Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar, com integrantes também da EMBRAPA/CNPDIA - São Carlos e do Departamento de Química.
As pesquisas realizadas no DEMa têm contribuído de forma significativa para o desenvolvimento e reconhecimento da área de ciência e engenharia de materiais a nível nacional e internacional, sendo que uma característica singular das pesquisas realizadas, e que resulta numa rara sinergia para pesquisa em materiais é a maneira equilibrada, em volume e qualidade, com que os materiais metálicos, cerâmicos, poliméricos e compósitos são pesquisados.
 O perfil do DEMa se caracteriza também por uma forte interação com as indústrias, onde podemos destacar o Programa de Estágio Curricular Obrigatório do curso de graduação (PIEEG) como o principal meio para estabelecer  uma relação bastante intensa com as indústrias.
 Destaca-se também a prestação de serviços à comunidade através de atividades de extensão de consultoria, caracterização e desenvolvimento de materiais junto às industrias. Merece um destaque especial o Centro de Caracterização e Desenvolvimento de Materiais (CCDM), que atende com consultoria e serviços a mais de 1.000 empresas e também o Núcleo de Informação Tecnológica (NIT/Materiais) do DEMa/UFSCar que possui uma atuação bastante importante na área de informação tecnológica, seja em  projetos com industrias e como também com órgãos governamentais.
 A forte interação com as indústrias é um facilitador para o desenvolvimento de trabalhos conjuntos para a resolução de problemas enfrentados por essas empresas e também traz uma grande experiência pratica para o aluno e demais envolvidos com o trabalho. A interação bastante intensa com empresas através do DEMa/UFSCar, tem reflexo direto nas atividades do PPG-CEM, que, sem o prejuízo das pesquisas científicas de qualidade reconhecida nacional e internacionalmente, tem dentre os temas de teses e dissertações, pesquisas de cunho bastante tecnológico. Esses trabalhos podem ser desenvolvidos dentro de uma das áreas de conhecimento tradicionais do Programa (Cerâmica, Metalurgia e Polímeros) e principalmente na área de Desenvolvimento Tecnológico, criada em 2001, a qual é bastante disputada por alunos oriundos de empresas tais como Embraer, Petrobrás, Alcoa Alumínio S.A., Magnesita S.A., Usiminas, M&G, Electrolux, Rhodia Brasil Ltda, Saint Gobain Cerâmicas, Tecumseh, A.W. Faber-Castell S.A., Estiva Refratários Especiais Ltda, GE Hyodro Inepar do Brasil S.A., Voith Papel e Celulose, Volkswagen, Braskem, Nadir Figueiredo, Dedini, Villares, TRW, DOW Brasil , Cromex, WHIRLPOOL, TAM, dentre outras.

Ações do documento